NISAN - O ANO NOVO CÓSMICO / A FESTA DA RE-CRIAÇÃO DO MUNDO


O Ano Novo Cósmico
A Festa da Re-Criação do Mundo
por José Maria Gomes Neto

NISAN
O Filete do crescente lunar anuncia o início do novo ciclo soli-lunar
Na Antiga Babilônia e Assíria, a chegada da primavera no hemisfério norte marcava o começo do ano, e o primeiro mês era chamado de Nisan. que começava na primeira aparição do filete Lunar Crescente no pôr do sol mais próximo ao equinócio da primavera. E essa é uma data que em nosso calendário atual ocorre entre 13 de março e 11 de abril (From the omens of Babylon,Baigent.M). É quando o mundo retorna ao seu ponto de partida*. 

O rito da ReCRiação espontâneo do Mundo.

*Na Babilônia, o rito celebra-se todos os anos, durante onze dias que, acrescentados ao fim de um ano lunar, permitem fazê-lo coincidir com o ano solar, e asseguravam assim, com o conhecimento exato das estações, a possibilidade de prever e organizar o escalonamento dos trabalhos agrícolas. O momento escolhido para intercalar ao ano os onze dias "fora do tempo" era o do equinócio da primavera antes do começo da lavra (Do Mito à razão, Vernant, JP) 

A Lua Nova mais próxima do equinócio em 2014 ocorre no dia 30 de março as 15h45min(BZT).

Essa Nova Lua Nova de Áries é assim uma das mais importantes lunações de todo o ano, se não a mais importante, pois ali se encontra em semente o projeto que se desenvolverá ao longo daquele período que ali inicia. 

É da própria natureza de toda semente saber-se árvore inteira! Mas para isso, para começar o processo de germinação é preciso morrer grão, morrer semente, trocar de casca: Ecdise.

Essa era uma ocasião muito especial para aqueles povos da antiga Mesopotâmia, que tinham a prática de observação direta do céu, por não possuírem "efemérides" tão precisas como as que dispomos hoje, e por isso mesmo a tinham como fonte de sabedoria e poder. Faziam suas previsões agrícolas e de decisões da distribuição cíclica dos ofícios do tempo, com seus calendário baseados nessas observações direta do céu.

A partir dessa lunação, a aparição logo após o pôr do Sol, do primeiro filete da Lua Nova mais próxima ao equinócio da primavera (hemisfério norte), há milênios, marcavam seus calendários, oficial e agrícola, e começavam a celebrar um grande festival religioso-espiritual com uma série de rituais e cerimônias que culminavam no festival da primavera, na primeira Lua Cheia do Ano. Ainda hoje, a tradição Cristã celebra, não por acaso, a Páscoa e o Mistério da Ressurreição na primeira Lua Cheia da primavera de Áries.



A Lua Nova de Áries ocorre no  dia 30 de março, para o Rio de Janeiro, as 15h45 – esse é o momento em que a Lua se encontra totalmente imersa na luz e energia do Sol, conforme mostra a foto do programa Stellarium acima, e por isso mesmo não pode ser avistada.
Esse mapa sinaliza as qualidades disponíveis no céu, para todos, sinalizando que o ciclo que aí inicia, por sincronicidade, encontra correspondência com os principais acontecimentos do ano. 

Em 2014, poderemos observar o primeiro o filete de luz da Lua crescente no dia seguinte à Lua Nova, logo após o pôr do Sol, dando início assim ao primeiro mês lunar do novo ciclo solar: NISAN - no dia 31 de Março.

Continue lendo em:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

ANIS ESTRELADO E A GRIPE H1N1

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA