ANJO ARIEL

Qualquer coisa visível neste mundo está sob a guarda de um anjo.
Santo Agostinho (Oito perguntas)


NATUREZA
Ariel é um poderoso anjo da natureza. Ela evoluiu do reino do ar e é encarregada da interação humana entre devas e anjos. Para se ligar aos anjos da Natureza, só é necessário abrir o coração. Para sintonizar-se com esse grupo agradável de seres, você deve ter um interesse amoroso e genuíno por eles. Quando puder reconhecer e apreciar a vida que há no solo, arbustos, flores, árvores, rochas, brisas, montanhas e mares, você estará permitindo-se ver e aceitar esses seres abençoados. Peça a Ariel que lhe traga a lembrança de sua origem. Ajude a Terra reconhecendo e desenvolvendo sua capacidade de trabalhar com a natureza. Os anjos seguem um caminho ascendente paralelo ao dos homens - completamo-nos mutuamente. A essência angélica é expansiva e naturalmente sintonizada com o Cosmo, buscando tornar-se mais consciente da forma que a envolve. A essência atômica nos minerais, vegetais, animais e nos homens é limitada na forma e busca uma consciência expandida. A consciência angélica possui o padrão de perfeição, e a matéria atômica preenche o padrão, manifestando a forma. O deva de um arbusto sabe como a planta amadurecerá e florescerá, auxiliando sua manifestação, da mesma forma que seu Anjo da Guarda conhece sua matriz perfeita e o ajuda a manifestar sua perfeição. A essência angélica é o ser, enquanto a essência atômica é o fazer. Portanto, procuramos nos transformar de fazedores humanos em seres humanos. Os espíritos na Natureza começam sua evolução como devas, como as pequenas fadas dos livros infantis. Começam como pequenas criaturas sem consciência própria, agindo pela intuição que os liga a espíritos mais avançados, conduzindo-lhes o desenvolvimento. Ao evoluírem, alcançam a consciência e sabedoria individuais, passam por 124 iniciações importantes, enquanto transfiguram-se em anjos. Como os homens, passam por muitas vidas e corpos em sua jornada. Contrariamente aos homens, possuem grandes poderes de intuição que os ligam sempre à vontade do Eterno. Sem motivação pessoal, são altruístas e alegres e projetam sua vitalidade e energia elétrica a todos que desejaram recebê-las. Os espíritos da Natureza desempenham suas tarefas nos ritmos da respiração, da inteligência e do espírito criativos.

Os anjos conduzem os ânimos da natureza para refletirem as nossas disposições. Os desastres naturais permitem a liberação da raiva e da crueldade humanas quando a Terra já não consegue mais absorvê-las. Forças violentas, que não são espíritos da natureza, como terremotos, tufões, furacões e inundações, gravitam em direção às regiões que melhor possam abrigá-las para dar vazão ao ódio, egoísmo, decepção, preconceito e ambição. Durante a erupção dessas forças destrutivas, todos, exceto os espíritos na natureza mais fortes, se retiram para um local seguro. Isso representa uma liberação interna da concentração de forças a fim de evitar desastres ainda piores. Nossa Terra vive e respira, seguindo sua própria evolução.
Ela está correndo perigo e precisa de nossa ajuda.
Quando você se transforma e se cura, também a ajuda a curar-se. Esteja consciente do seu impacto sobre a natureza. Pare de poluir e envenenar, tanto física quanto emocionalmente. 
Você faz reciclagem? 
Está dirigindo menos? 
Utiliza venenos para dedetização? 
Colabora para a acumulação psíquica da raiva reprimida? 
Faça sua parte na grande limpeza!



imagem:Anjo colhendo flores numa paisagem celeste por Benozzo Gozzoli 
Texto: O Tarô dos Anjos- Kimberly Marooney- Ed. Mandarim

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM