WESAK 2012 - HORÁRIO E CELEBRAÇÕES

fonte da imagem:Varadourosagrado

HORÁRIO WESAK 2012 em São Paulo, Brasil: meia noite e trinta e cinco minutos do dia 06/Maio, na madrugada de sábado para domingo. 
Faça seu Ritual em casa e participe deste momento de Luz, é o final de semana mais positivo do ano, nas Bençãos de Abundância, Saúde, Amor, Iluminação e PAZ. 
Observe o Poder da Lua cheia que começa a crescer nas próximas horas e ore pela cura do corpo mental da humanidade e pela PAZ PLANETÁRIA. 


Sugestão para o ritual:
Sugerimos que em casa, cada um acenda uma vela na cor amarela ou branca e faça uma Oração de Poder: A Grande Invocação, Pai Nosso ... o horário da lua cheia é 00:35 da manhã de sábado para domingo - horário Brasília - por 8 minutos, fazer  Orações, mantra OM e  siga o que sua intuição indicar.

Podemos participar do Festival de Wesak:
-através do jejum, quem quiser jejuar neste dia, o indicado é tomar só líquidos,  pelo menos por 24 hs,  sopas e frutas, para o corpo ficar mais leve e absorver todas as Bençãos de WESAK, 2012,


-ou da oração, ou da meditação individual ou grupal. Recitar tanto quanto possível a Grande Invocação nos dois dias que antecedem o Festival e nos dois dias posteriores. O ideal é recitá-la ao amanhecer, ao meio-dia, às cinco da tarde, ao anoitecer e no momento exato do Plenilúnio. Manter-se em estado de permanente atenção e Paz. 


As Bençãos de Wesak duram 72 horas - neste período, procure ter pensamentos positivos, meditar e elevar a vibração do seu corpo.

Dias Iluminados com muito Amor, Bençãos e Realizações,
Pax & Luz,
Aloha,
Carmen Balhestero

imagem:colagem feita por mim

Na lua cheia de Touro  é realizada a celebração máxima do Budismo, o Festival de Wesak, no vale dos Himalaias, na Índia, em homenagem a Lord Gautama.  
MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA - POR QUE MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA?

Porque há ciclos no fluxo e refluxo das energias espirituais, com os quais os grupos, tanto quanto os indivíduos, podem conscientemente cooperar. Um dos principais ciclos de energia coincide com as fases da Lua, alcançando seu pico, sua maré alta, durante a Lua Cheia. Este é o tempo, portanto, em que a canalização da energia, através da meditação grupal, pode ser eficaz de maneira ímpar. Hoje, centenas de grupos de serviços se reúnem mensalmente para meditar, de maneira regular, no mundo todo, por ocasião da Lua Cheia. A Lua mesma não tem nenhuma influência sobre o trabalho, mas a sua esfera, plenamente iluminada, é indicativa de um alinhamento livre e desimpedido entre nosso planeta e o Sol, o Centro Solar, a fonte de energia para toda a vida na Terra. Em tais ocasiões, estando a Lua "fora do caminho" e o contato entre o Centro Solar e o Planeta Terra alcançando seu ponto máximo, o homem pode fazer uma aproximação bem definida a Deus, o criador, o Centro da Vida e da Inteligência.

O ritmo plenilunar é usado para determinar as datas das meditações já que determina o tempo mensal em que o impacto das divinas energias de Luz, Amor e Poder é mais forte e pode ser registrado pelos grupos e irradiado dentro da consciência humana.

 O FESTIVAL DE WESAK

Lua cheia de Buda (Touro)
O que deveria ser realizado em cada lua cheia de Touro?
1. A liberação de certas energias que podem afetar poderosamente a humanidade e que, se liberadas, estimularão o espírito de amor, de fraternidade e de boa vontade na Terra. Essas energias são tão definidas e reais como são as de que se ocupa a própria ciência que as chama de raios cósmicos.

2. A fusão de todos os homens de boa vontade no mundo em um todo integrado e com capacidade de resposta.

3. A invocação e a resposta de certos Grandes Seres, Cujo trabalho pode ser, e será possível, se o primeiro destes objetivos for atingido, graças à realização do segundo objetivo. Meditem nesta síntese dos três objetivos. Por que nome estas Forças Vivas são chamadas é inteiramente imaterial. Podem ser considerados como os vice-regentes de Deus, que podem e cooperarão com o Espírito de Vida e de Amor sobre o nosso planeta, aquele no qual vivemos, nos movemos e temos nosso ser. Certos pensadores podem considerá-los como os Arcanjos do Altíssimo, cujo trabalho tem sido possível pela atividade do Cristo e do Seu corpo de discípulos, a Igreja verdadeira e viva. Outros os considerarão como os Guias da Hierarquia planetária, que se encontram por detrás de nossa evolução planetária e que raramente tomam parte ativa exterior nas atividades do mundo, deixando isso para os Mestres de Sabedoria, salvo nos casos excepcionais como o atual. Qualquer que seja o nome pelo qual os chamemos, eles estão prontos para ajudar, se o apelo for feito com força e poder suficientes por parte dos aspirantes e discípulos no momento da lua cheia de Touro e da lua cheia de Gêmeos.

4. A evocação de uma atividade enérgica e concentrada do lado interno realizada pela Hierarquia de Mestres, essas  Mentes iluminadas à quais foi confiado o trabalho de direção do mundo. Deseja-se uma resposta e pode ser obtida entre os três grupos:
- a. A expectante e (nesse momento) ansiosa Hierarquia – ansiosa porque nem mesmo Eles podem dizer como reagirá a humanidade, e se os homens serão suficientemente sensatos para aproveitar a oportunidade oferecida. Os Mestres aguardam, organizados sob a direção do Cristo, o Mestre dos Mestres e Instrutor de anjos e homens. Ele foi instituído como o intermediário direto entre a Terra e o Buda, Aquele que, por sua vez, é o intermediário consagrado entre a Hierarquia expectante e as forças atentas.
- b. Novo Grupo de Servidores do Mundo, cujo objetivo é a paz do mundo, composto nesta época por todos os servidores sensíveis e consagrados da raça, que tem o propósito de estabelecer a boa vontade na Terra, como a base para a futura vida e expansão mundiais. Originalmente, este grupo era formado por uns poucos discípulos aceitos e aspirantes consagrados. As suas fileiras foram abertas, ultimamente, a todos os homens de boa vontade que trabalham ativamente por uma verdadeira compreensão, que estão prontos a se sacrificarem para ajudar a humanidade, que não vêem nenhuma linha de separação, mas têm, isso sim, o mesmo sentimento para com os homens de todas as raças, nacionalidades e credos. 
- c. As massas dos homens e mulheres que responderam às idéias que foram lançadas, e que reagiram favoravelmente aos objetivos de compreensão internacional, interdependência econômica e unidade religiosa.

À medida em que estes três grupos de pensadores e servidores se tenham contatado, quando os três grupos possam estar alinhados, ainda que momentaneamente, muito pode ser realizado; as portas da nova vida podem ser abertas para dar passagem ao influxo de novas forças espirituais. Tal é o objetivo e a idéia do Grupo.
Que importância tem para vocês, pessoalmente,esta lua cheia de Touro? Parece-lhes ter suficiente importância para realmente significar tão grandes esforços a vocês? Crêem sinceramente que neste dia pode haver realmente uma liberação de energia espiritual suficientemente potente para mudar os assuntos do mundo, desde que os filhos dos homens desempenhem sua parte? Acreditam realmente, e estão prontos na prática, a apoiar a crença de que nesse dia o Buda, em cooperação com Cristo e com a Hierarquia de Mestres Iluminados, mais a ajuda oferecida por alguns dos Tronos, Principados e Poderes da Luz, que são a correspondência superior dos poderes das trevas, estão prontos a executar os Planos de Deus, quando for dado o direito e a permissão dos homens? A principal tarefa de vocês na atualidade, não é lutar contra os poderes do mal e as forças das trevas, mas despertar o interesse e mobilizar as Forças da Luz e os recursos dos homens de boa vontade e de inclinação correta no mundo atual. Não resistir ao mal, mas organizar e mobilizar o bem e assim fortalecer as mãos dos trabalhadores que estão do lado do direito e doar amor, para que o mal tenha menos oportunidades.
Se vocês tiverem fé no que lhes disse, – ainda que seja do tamanho de um grão de mostarda – se tiverem uma crença firme no trabalho do espírito de Deus e na divindade do homem, então esqueçam-se de si próprios e consagrem cada um de seus esforços, a partir do momento em que receberem esta comunicação, para a tarefa de cooperar no esforço organizado, a fim de mudar o curso dos assuntos mundiais, por meio de um acréscimo no espírito de amor e de boa vontade no mundo durante este mês.

ANTIGOS ENSINAMENTOS

Ensinamentos da Antiga Sabedoria consideram Wesak o momento mais significante do ano, quando um real evento celestial ocorre e se manifesta sobre a Terra. Considera-se que o Festival de Wesak seja um tempo em que o próprio Deus, transmitindo através de Buda e de Cristo, envia um benção para a Terra. Durante séculos tem sido celebrado na Índia e sempre ocorre na Lua Cheia de Buda. Durante esse tempo, a humanidade pode se alinhar completamente com forças espirituais que não estão à disposição em outras ocasiões do ano. A força dessa benção nos estimula espiritualmente e nos deixa mais preparados para servir completamente ao Plano Divino.


         
Próximo ao Nepal e rodeado pelas montanhas dos Himalaias, fica uma área de terra protegida. Um caminho, entre passagens estreitas, eventualmente se abre para um vale coberto de grama. Vários dias antes da Lua Cheia, buscadores espirituais entram no vale e aí montam tendas coloridas. Na parte norte do vale há uma grande rocha plana onde é colocada uma grande vasilha de cristal cheia de água. Logo antes da Lua Cheia, Cristo, os Senhores, os Mestres, os Arcanjos e os Iluminados que guiam o planeta Terra se reúnem ao redor dessa rocha para orar.
Poucos minutos antes do momento exato da Lua Cheia, pode se ver uma pequena luz no céu. À medida que ela se aproxima e cresce em claridade, a forma do Buda, com seu robe cor de açafrão e com as penas em posição cruzada, pode ser vista no céu.

No momento exato da Lua Cheia, Buda, suspenso sobre a rocha, estende sua mão em uma benção em direção a Cristo, que, representando a Humanidade, a recebe para distribuição. Então é pronunciada a Grande Invocação, enviando uma forte corrente de gratidão, da Humanidade para o Próprio Deus. Enquanto Buda envia sua Benção de Iluminação e Cristo envia sua Benção de Amor, a estrutura atômica e molecular da água se altera, recebendo uma infusão de Sabedoria. Ela é então distribuída em pequenas porções e levada ao mundo para ser compartilhada.
O Festival de Wesak é um momento poderoso de intenso serviço espiritual, feito da Humanidade para Deus e de Deus para a Humanidade, através de Buda e de Cristo. Durante os 8 minutos dessa celebração, o Universo inteiro faz uma ligação unindo a humanidade com a Fonte da nossa criação, a que chamamos Deus. Os efeitos espirituais permanecem até o próximo Festival de Wesak.

                        
A GRANDE INVOCAÇÃO (Recitada no Presente)
Do ponto de Luz na Mente de Deus,
Flui luz às mentes dos homens;
A Luz desce à Terra. 
Do ponto de Amor no Coração de Deus,
Flui amor aos corações dos homens;
O Cristo está na Terra.
Do centro onde a Vontade de Deus é conhecida,
Guia o Propósito as pequenas vontades dos homens,
O Propósito que os Mestres conhecem e servem
Do centro a que chamamos raça dos homens
Realiza-se o Plano de Amor e de Luz
E sela-se para sempre a porta onde habita o mal.
A Luz, o Amor e o Poder restabelecem o Plano na Terra,
Hoje e por toda a Eternidade, Amém.
----------


A lenda do Wesak-The Wesak Festival - Alice A. Bailey 
http://www.crystalinks.com/wesak.html

Mount Shasta, California foco do Mestre Saint Germain e da Chama Violeta
que irradia Transmutação para a Mãe Terra

De acordo com a tradição, na hora da Lua cheia em touro, o Buda vem ao Vale Wesak dos Himalaias para trazer a energia do poder espiritual de Shamballa para Mestres reunidos, iniciados e discípulos da Hierarquia, para a assimilação e eventual distribuição desta força de Shamballah através do mundo.
O Vale Wesak repousa numa elevada altitude aos pés do Himalaia e faixas do Tibete. É cercado por altas montanhas em todos os lados exceto na direção nordeste, onde há uma abertura estreita nas faixas das montanhas. O vale é em formato de garra no contorno, com o gargalo para o fim do nordeste, e alarga muito consideravelmente em direção ao sul. Eleva-se em direção ao fim do norte, próximo  ao gargalo, há uma enorme pedra lisa. Não há árvores ou arbustos no vale, que é coberto com uma espécie de grama grossa.
Aproximando a hora da Lua cheia de Touro, peregrinos dos distritos circundantes começam a se unir. Os santos homens e os lamas encontram seus caminhos no vale e preenchem o sul e as partes do meio, deixando o final do nordeste relativamente livre. Lá, então diz a lenda, reune um grupo daqueles grandes Seres que são os guardiães sobre a Terra do Plano de Deus para nosso Planeta e para a humanidade, os Mestres da Grande Fraternidade Branca Universal.
Este grupo de conhecedores da Divindade são os principais participantes do Festival  de Wesak. Eles se organizam na extremidade nordeste do vale, em círculos concêntricos e preparam para um grande ato de serviço. Em frente da rocha, olhando em direção nordeste, ficam Aqueles Seres que são chamados por Seus discípulos - Os Três Grandes Senhores. Este é O Cristo, que permanece no centro; o Senhor das formas viventes, O Manu, Que permanece em Seu lado direito; e o Senhor da Civilização, que permanece a Sua esquerda. Estes três observam a rocha sobre a qual repousa uma grande taça de cristal, cheia de água.
Atrás dos Mestres agrupados, adeptos, iniciados e trabalhadores idosos no âmbito do Plano de Deus encontram-se com os discípulos e aspirantes em seus vários graus e grupos (outros "no corpo" ou "fora do corpo"), os quais nesta hora constituem o Novo Grupo de Servidores do Mundo. Outros presentes em seus corpos físicos, e em estado de sonho. O "sonho", que relatam mais tarde tem sido uniformemente registrado pelas pessoas em todo o mundo, e traz o testemunho para a lembrança de um acontecimento interior espiritual.
Conforme a hora da lua cheia se aproxima, um silêncio se estabelece sobre a multidão, e todos olham para o nordeste. Certos movimentos ritualísticos têm lugar, nos quais os Mestres reunidos e Seus discípulos de todas as categoria ocupam posições simbólicas e formam no chão do vale símbolos significativos como a estrela de cinco pontas, com Cristo no mais alto ponto; de um triângulo, com o Cristo no ápice; ou um cruz, e outras formações bem conhecidas, todos dos quais têm um profundo e potente significado. Isto é tudo feito ao som de certas palavras cantadas e frases esotéricas, chamados de mantras.
A expectativa na espera, a multidão torna-se muito grande, e a tensão é real e intensa. Por todo o corpo das pessoas parece haver sensação de um estímulo ou potente vibração que tem o efeito de acordar as almas daqueles presente, fundindo o grupo em uma inteira unidade, e elevando todos a um grande ato espiritual, prontidão e expectativa. É o ápice da aspiração do mundo focalizada neste grupo expectador. Estas três palavras - demanda, prontidão e expectativa - descreve melhor a atmosfera reinante e presente neste vale secreto.
O canto e o ritmo construído cresce mais forte, e todos os participantes e a população que observa elevam seus olhos para o céu na direção da parte estreita do vale. Apenas uns poucos minutos antes do exato tempo da lua cheia, na distância uma pequena mancha pode ser vista no céu. Vem mais perto e mais perto, e cresce em claridade e definição do contorno, até a forma do Buda poder ser vista, sentado de pernas cruzadas na posição de Buda,  vestido com o manto cor de açafrão, banhado em luz e cor, e com sua mão estendida em bênçãos.
Quando o Buda chega em um ponto exatamente acima da grande rocha, pairando no ar acima das cabeças dos Três Grandes Senhores, um grande mantra, usado somente uma vez por ano no Festival é entoado pelo Cristo, e o grupo inteiro de pessoas no vale prostram-se. Esta invocação estabelece uma grande vibração ou pensamento corrente que é de uma tal potência que atinge o grupo de aspirantes, discípulos e iniciados que o empregam, para o Ser que nós conhecemos como Deus. Isto marca o momento supremo de intensos esforços espirituais durante todo o ano, e a vitalização espiritual da humanidade e os efeitos espirituais duram durante os sucessivos meses.
O efeito desta grande Invocação é universal ou cósmica, e serve para unir - nos com aquele centro de força espiritual do qual todas as criaturas vieram. A bênção é derramada e o Cristo, como representante da humanidade, abençoa na Luz da Verdade .
Assim, a lenda corre, O Buda retorna uma vez por ano para abençoar o mundo, transmitindo vida espiritual renovada, através de Cristo. Vagarosamente então o Buda recua na distância, até novamente somente um pontinho tênue poder ser visto no céu, e este eventualmente desaparece. Abençoando o cerimonial inteiro, do tempo da primeira aparição na distância até o momento que o Buda se desvanece da vista, leva apenas oito minutos .
Ano após ano Ele retorna em bênçãos, ano após ano, Ele e Seu grande irmão, O Cristo, Filhos de Deus têm centralizados dois aspectos da vida divina, e Eles atuam juntos como Guardiões da mais alta linhagem de força espiritual ao qual nossa humanidade pode responder através de Buda, a sabedoria de Deus é derramada. Através de Cristo, o Amor de Deus se manifesta na humanidade, e é esta sabedoria e amor que é derramado na humanidade a cada lua cheia de Wesak.
Quando o Buda  desaparece, a multidão se levanta;  a água na taça é distribuida em pequenas porções aos Mestres, iniciados e discípulos, a eles então vão para seus caminhos e seus lugares de serviço. A multidão, que levou seus pequenos recipientes de água, bebem e compartilham. Nesta bonita "água da cerimônia de comunhão" é retratado o símbolo da nova era a qual está acima de nós, a Era de Aquário, a era transportadora da água.
Nesta cerimônia é perpetuada para nós a história da universalidade do Amor de Deus, necessário para nossa purificação individual, e a oportunidade para compartilhar com cada qual o que pertence a todos. A água, que tem sido magnetizada pela presença dO Buda e dO Cristo, carrega certas propriedades e virtudes de uma cura e natureza especial.

---------------

Na PAX, teremos Rituais  Celebrando WESAK 2012 dias 5 e 6/maio/12:
05/maio/12 - sábado - Ritual na PAX às 10h  - ( 1 kg alimento ) com  Carmen Balhestero, Heloísa Lassálvia e Jane Ribeiro
com transmissão via internet: www.dopranaaluz.blogspot.com
06/maio/12 - domingo -  1 kg alimento - não haverá transmissão via internet
Rituais Especiais na PAX ancorando as Bençãos de WESAK 2012 :
10h - Bençãos Mestre Confúcio e Mensagens dos Mestres da Fraternidade Branca para 2012 com Carmen Balhestero
11:30h - Celebrando WESAK em sintonia com Mount Shasta - Clêudio Bueno
14h - Concerto Musical e projeção de DVD nas Bençãos dos Golfinhos com Matisha 
( Hawaii, USA )
Dias Iluminados com muito Amor, Bençãos e Realizações,
Pax & Luz,
Aloha,
Carmen Balhestero
PAX: Av. Braz Leme, 1353 - São Paulo/SP Brasil 
www.carmenbalhestero.com.br  
www.pax.org.br  
dopranaaluz.blogspot.com

Comentários

  1. Não imaginava que a Lua Cheia deste mês fosse tão especial!
    Vou aproveitar as energias do momento, acender uma velinha e mentalizar muita paz para todos nós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Especialíssima!

      Mentalize sim, sua contribuição é valiosa.
      A união faz a força!

      Bjs.

      Excluir
  2. Olá, estava pesquisando sobre Wesak.... gostei muito das informações e imagens do site.... Obrigada!! Eliane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliane!

      Que bom que você gostou, volte sempre:)

      Beijos.

      Excluir

Postar um comentário

Boas vindas!

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM