DURGA - SIMBOLISMO E HISTÓRIA

"Em minhas andanças pela Internet, encontrei algumas coisas sobre Durga e 3 textos me chamaram a atenção.
O que segue abaixo, é o trecho de um texto que foi retirado de um site sobre Yoga (o link está no final do texto), o outro escrito por Marilu Martinelli, é muito interessante, já que ela descreve mais detalhadamente sobre a iconografia de Durga.
E mais iconografia em 
http://dancaindianabrasil.blogspot.com.br/2011/09/durga-devi.html
Então, boa leitura!"


"Om Dum Durgayei Namaha"
Saudações a Ela que é linda para aqueles que buscam a VERDADE e terrível na aparência para aqueles que querem machucar os devotos da VERDADE"*




Navaratri - as nove noites das tres Devis
Texto escrito pela equipe do Vidya Mandir
Extraído do Informativo Vidya-Mandir/Outubro/1989 -www.vidyamandir.org.br

Durga é uma forma feroz e destruidora de Parvati, a esposa de Shiva. Contam os Puranas que Durga surgiu da união de todas as forças dos Devas(deidades masculinas) que individual e coletivamente não puderam vencer o asura (demônio) Mahisasura, que, em forma de búfalo, oprimia deuses e homens. Ela é representada montando um tigre ou um leão, tendo 8, 10 ou 12 braços e cada um empunhando uma arma. Durga é forte, destemida e implacável, conseguindo destruir qualquer tipo de asura. Os devas simbolizam nossa natureza superior e nossas tendências positivas, e, os asuras, nossa natureza inferior e nossas tendências negativas. Devas e asuras estão em conflito permanente (as exigências da natureza inferior contra as aspirações da superior) e muitas vezes os devas precisam unir suas forças para conseguir vencer.
Mahisasura simboliza o pior inimigo: a ignorância, o ego. Para destruí -lo, só mesmo “a união de todos os Devas” (tendências positivas), ou seja, a Mãe Durga, a força e a coragem de acabar (vairagya ou desapego) com todos os apegos e desejos.
O veículo de Durga, tigre ou leão, representa o “ego domado”, ou seja, no seu devido lugar, a serviço dos Devas (forças positivas), despojado de sua arrogância e orgulho e investindo com a beleza da força.

Fonte:http://www.ekadantayoga.com.br/navaratri-as-nove-noites-das-tres-devis.html



"Ainda sobre ela, no livro Shakti - Os Mantras da energia feminina, de Thomas Ashley-Farrand* o capítulo 5 (pag.88) é dedicado a história do nascimento Durga, mesmo não tendo a riqueza de detalhes sobre os símbolos de Durga, como no texto acima, a história é muito bem contada.

Alias, este é um livro que vale a pena ter.
De fácil entendimento, mesmo quando as coisas "complicam" um pouco, há um glossário que ajuda bastante o entendimento sobre os termos sânscritos.
A maneira como Thomas Farrand escreve sobre as deusas e seus poderes é cativante."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM