ARCANOS MENORES - AS ESPADAS

O poder possui um duplo aspecto: destruidor, mas a destruição pode aplicar-se à injustiça, à maleficência, à ignorância e, por essa razão, tornar-se positiva; construtor, ele estabelece e mantém a paz e a justiça.
 Dictionnaire des symboles


Ás de Espadas
Uma mão firme segura uma espada, símbolo de bravura e de fatalidade, apontada para o alto. Sua ponta está escondida sob uma coroa de ouro que simboliza o poder. Os ramos de louro e de carvalho assinalam a vitória e a energia.
A presença desta lâmina num jogo dá a força necessária para fazer triunfar projetos e esperanças.

Síntese: é a lâmina da razão e da inteligência. Anuncia triunfo sobre todas as dificuldades, pelo seu poder de libertação.

Particularidade: confirma um poder e uma supremacia com os Arcanos IV, VII  e VIII e a espiritualidade com os Arcanos II e V.

Dois de Espadas
Duas espadas simbólicas se cruzam em sinal de dualidade. No centro, uma flor.
A presença desta lâmina num jogo indica lutas, dificuldades e coerções de toda espécie. Ela confirma uma perspectiva de oposições e conflitos.

Síntese: É a lâmina das oposições e rivalidades. Ela embaralha e complica todas situações.

Particularidade: Confirma as lutas, as dualidades com os Arcanos VI e VIII e os conflitos e ciúmes com o Arcano XV.


Três de Espadas
Duas espadas se cruzam, e uma terceira está colocada verticalmente em sentido contrário, neutralizando dessa forma a dualidade.
A presença desta lâmina num jogo traz discórdias, solidão e separações. A realização de projetos é adiada.

Síntese: é a lâmina das complicações e dos embustes. Ela compromete e complica todos os empreendimentos.

Particularidade: Confirma as discórdias com o Arcano XV e as delongas e as separações com os Arcanos 0 e IX.


 Quatro de Espadas
Duas a duas, as espadas se cruzam e se entrelaçam. Simbolizam os quatro elementos, cada um dos quais é portador de uma força.
A presença desta lâmina num jogo traz seu poder para permitir a luta contra as dificuldades. Ela é o triunfo sobre os acontecimentos.

Síntese: É a lâmina do sucesso em relação aos obstáculos e às preocupações. A fatalidade é neutralizada nos seus efeitos negativos. Esta lâmina dá segurança e equilíbrio.

Particularidade: Confirma um triunfo sobre as dificuldades com os Arcanos IV, VII e XI e uma liberação com os Arcanos V, XIII e XX.

Cinco de Espadas
Duas a duas, as espadas se cruzam como na lâmina precedente, e uma quinta espada se superpõe em sentido inverso, trazendo um novo elemento.
A presença desta lâmina num jogo concede um domínio suplementar sobre os acontecimentos. Não obstante, há o risco de que as adversidades e os fracassos venham a prevalecer.

Síntese: É a lâmina das ambiguidades. A espada aqui possui um duplo sentido: poder e bravura ou destruição e guerra...

Particularidade: Confirma as satisfações com os Arcanos I e III e conduz às preocupações com os Arcanos XII, XV e XVI.


 Seis de Espadas
Duas vezes o ternário conduz à dualidade entre o material e o espiritual. As espadas são representadas aqui com uma diversidade de cores que lembram os paus.
A presença desta lâmina num jogo anuncia os obstáculos, as dificuldades e os desacordos. Ela conduz a conflitos e rivalidades de toda ordem.

Síntese: É a lâmina das imobilizações, da antipatia e da hipocrisia. Não traz soluções para os problemas, mas, ao contrário, ela os complica.

Particularidade: Confirma as dificuldades, as contrariedades e a desordem com os Arcanos 0, XV e XVI e a doença com o Arcano XII.


Sete de Espadas
Duas vezes o ternário de espadas se entrelaça e se cruza no centro desse cruzamento uma sétima espada é colocada verticalmente,com a ponta apontada para cima, confirmando um ímpeto ativo.
A presença desta lâmina num jogo indica que os obstáculos não serão vencidos facilmente. É preciso lutar para vencer as dificuldades.

Síntese: É a lâmina do triunfo pela luta e pelos esforços constantes. A adversidade está presente, mas a coragem também está.

Particularidade: Confirma as possibilidades de vencer as provações com os Arcanos IV, VII, XI e XXI.

Oito de Espadas
Como no oito de paus, também encontramos um entrelaçamento e um cruzamento de espadas. A dupla estabilidade acarreta uma imobilidade.
A presença desta lâmina num jogo anuncia a inconstância e a espera. Anuncia más notícias e provoca crises.

Síntese: É a lâmina da incerteza, das lutas e sofrimentos. Coerções de toda sorte marcam pesadas provações.

Particularidade: Confirma a instabilidade e as incertezas com os Arcanos 0,  VI e X e as preocupações de saúde com os Arcanos XII e XVI.

 Nove de Espadas
Duas vezes o quaternário, com uma nona espada atravessada verticalmente no centro para dar o apoio de sua força às oito espadas entrelaçadas e cruzadas.
A presença desta lâmina num jogo anuncia obstáculos que não se podem contornar. Ela traz muitos sofrimentos e preocupações.

Síntese: É a lâmina dos obstáculos e das lutas das quais não se pode livrar. Ela traz amargura e tristeza.

Particularidade: Confirma os retrocessos, as rupturas e os obstáculos com os Arcanos IX, XII, XVI e XVIII.

Dez de Espadas
Duas vezes quatro espadas estão aqui representadas com duas outras espadas azuis que se cruzam assinalando uma força suplementar.
A presença desta lâmina num jogo dá poder de dominação sobre os acontecimentos. Permite uma vantagem sobre todos os desacordos.

Síntese: É a lâmina da rapidez e das mudanças. Ela traz força e energia para vencer os obstáculos.

Particularidade: Confirma um poder de ação sobre os acontecimentos com os Arcanos IV, VII e XI e uma superioridade sobre todas as situações com os Arcanos XIX e XXI.

REI DE ESPADAS
Este personagem segura firmemente com a mão direita uma espada, símbolo de bravura e de fatalidade. Na mão esquerda, o bastão confirma o poder, e o comando. Para apoiar suas decisões, o pé direito está colocado mais alto que o pé esquerdo.
Esta lâmina representa a severidade, a secura e a inflexibilidade. Ela indica o próprio consulente, o cônjuge, um patente, uma relação de amizade. Regulamenta todos os negócios judiciários de forma estrita e oficial. Está ligada a todos os negócios judiciários e administrativos.
O Rei de Espadas é o símbolo de uma autoridade forte e poderosa.

RAINHA DE ESPADAS
Uma mulher vestida de azul e vermelho porta uma coroa de ouro, que garante a sua autoridade.
Está sentada e segura na mão direita uma espada que lhe dá o poder de cortar. 
Esta lâmina representa, como a anterior, a severidade e a frieza. Ela indica uma mulher que pode ser a própria consulente ou uma parenta próxima, como uma mãe, avó ou sogra.
Não é favorável às relações afetivas e perturba a quietude familiar. Provoca desavenças e brigas.
A Rainha de Espadas é o símbolo da força e da severidade.


 VALETE DE ESPADAS
Um jovem em pé, imóvel, com os pés afastados em ângulo, acaba de tirar com a mão esquerda uma espada da bainha, símbolo da fatalidade.
Esta lâmina indica maldade, ciúme e traição. Pode representar um homem jovem mau e desonesto. Assinala freqüentemente sentimentos muito negativos. Prejudica todas as situações e frustras laços afetivos.
O Valete de Espadas é o símbolo do abuso de confiança e do perigo.

CAVALEIRO DE ESPADAS
Um jovem com uma couraça monta um cavalo a galope. Está brandindo uma espada com a mão esquerda, símbolo da defesa pela ação.
Esta lâmina indica atos fortes, corajosos e temerários. Provoca démarches e mudanças pouco agradáveis. Permite liberar de coerções e esclarecer situações.
O Cavaleiro de Espadas é o símbolo da força e do poder concedidos para combater e vencer os obstáculos.


Fontes:
texto: ABC do Tarô - Colette H. Silvestre - Círculo do Livro
imagens: Grimaud Tarot de Marseille 
http://www.planetlight.com/td/content/tarot-de-marseille

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ANIS ESTRELADO E A GRIPE H1N1

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA