36ª FEIRA DO VINIL EM BH - SÁBADO - DIA 10 DE NOVEMBRO DE 2012



Feira do Vinil e CDs Independentes completa cinco anos, em edição que celebra os 70 anos de Paulinho da Viola e sete anos de criação da Discoteca Pública na capital mineira com a exposição “A História do Rock Brasileiro em 1.000 Discos”, de Marcelo Dolabela

Já reconhecido como um ponto de encontro de amantes da cultura do vinil, a Feira do Vinil e CDs Independentes completa no mês de novembro, cinco anos de existência, com edição especial que liga o samba ao rock nacional. Isso porque, a 36ª edição homenageia o sambista, cantor e compositor Paulinho da Viola - o “príncipe do samba”- e promove a exposição “A História do Rock Brasileiro em 1.000 Discos”, de Marcelo Dolabela. O evento embalado pelas composições do homenageado acontece no dia 10, das 10 às 17h, na Galeria Inconfidentes, na Savassi. A entrada é franca.

A feira entra no quinto ano de atividade com um crescente número de frequentadores, o que demonstra que é uma ação cultural que surgiu para “marcar” território no calendário cultural da cidade, segundo o organizador Edu Pampani. Mensalmente, 12 expositores se unem entre os frequentadores para compra, venda e troca das “bolachas sonoras”. Quem vai às Feiras pode adquirir vinis desde compactos de sete polegadas até LPs de dez e 12 polegadas, incluindo raridades. Desde as últimas edições, a feira conta com expositores de São Paulo com discos importados de rock da década de 70, jazz, blues e MPB.

“É bacana perceber que a busca pelo vinil só cresce e que a Discoteca Pública surgiu pouco antes desse novo momento do vinil no Brasil. As pessoas vão atrás de discos dos anos 60, 70, dos artistas que marcaram essas décadas na cultura nacional, como Jorge Benjor, Caetano, Gil e os mineiros do Clube da Esquina. Mas, é interessante ver também uma procura pelos relançamentos, como é o caso de Tom Zé e Chico Science e até a galera que tem lançado seus trabalhos também em vinil, como Criolo, Lucas Santtana, Tulipa Ruiz, Lenine e Flávio Renegado”, afirma Pampani. Toda essa gama é encontrada para comercialização na feira, com preços variados. Além disso, CDs de artistas independentes poderão ser adquiridos a partir de R$ 10,00.

Em 2012, o evento integrou as ações do Programa Conexão Vivo, com o patrocínio da operadora Vivo e Grupo Telefônica.

Sobre a exposição e Marcelo Dolabella
“A História do Rock Brasileiro em 1.000 Discos”, com curadoria do músico e poeta Marcelo Dolabella ficará disponível para visitantes na Galeria Inconfidentes na semana que antecede a feira, entre os dias 6 e 10 de novembro. A exposição surgiu a partir de acervo do próprio artista, com obras que abrangem o período de 1955 a 2010. Nelas, Dolabela apresenta o rock brasileiro cronologicamente em vários subgêneros, dentre eles: Jovem Guarda, Pop-Rock, Tropicália, Clube da Esquina, Samba-Rock, Rock Rural e Rock '80.

36ª Feira do Vinil e CDs Independentes
10 de Novembro de 2012
Sábado das 10 às 17 horas
Local: Galeria Inconfidentes (Rua Pernambuco, 1.000, Savassi)
Entrada franca

Compra – Venda – Troca
LPs Novos & Usados, Nacionais & Importados, Compactos, ETC...

Todos Estilos & Todos os Bolsos & RARIDADES
Reedições e novidades em vinil 180 gramas

Jazz, MPB, Blues,
Rock, Soul, Funk, Metal, Samba,
Rap, Progressivo, Punk, Hardcore e muito Mais.

Venda de Vitrolas & Toca-Discos

Colecionador, Você não pode ficar de fora!!!
Disco é Cultura

Informações: (31) 2514-5710

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

RUDOLF STEINER - ORAÇÃO DE MICAEL / FORJANDO A ARMADURA

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA