6ºRAIO: DEVOÇÃO-IDEALISMO

O guerreiro que marcha

"O que realmente vale é o grau de fervor com que procuramos a verdade."
Joel Goldsmith


O número seis representa a matéria, o caos primordial. Tem relação com o plano emocional, mutável, dinâmico, sempre em desequilíbrio, em movimento.
Este Raio está representado por um túnel escuro e só no final aparece uma luz. Esta imagem fala das características dos indivíduos deste Raio. Sua força, seu impulso de caminhar para a luz e ao mesmo tempo a impossibilidade de ver aquilo que existe ao redor. Somente olha o seu ideal, algo longínquo. mas permanecem cegos para perceber e compreender o que estão vivendo. A tendência ao fanatismo, sectarismo e unilateralidade os leva a ser intolerantes e preconceituosos.
O homem e a mulher do sexto Raio reagem impulsivamente, e às vezes com violência, a qualquer elemento que discuta suas opiniões, pois para eles são as únicas verdadeiras. Essa adesão incondicional a uma pessoa, livro, partido político, seita ou religião os torna cegos para outros pontos de vista. Os mártires e os santos são representantes deste Raio.
O tipo comum é amoroso, com grande capacidade de ternura e serviço. Mas belicoso e até cruel com pessoas que sustentam outros tipos de ideias. Para eles o amor, a lealdade, a honestidade, a veracidade são elementos que exaltam e vivem com entusiasmo.
Porém, quando odeiam também demonstram fogo e paixão. São rancorosos e vingativos. Julgam que seus amigos são "anjos", sempre agindo acertadamente, e seus inimigos "diabos", sempre agindo de maneira demoníaca. Não conseguem ver defeitos nos amigos, mas tampouco conseguem enxergar virtudes nos inimigos.
O Sexto Raio dirige a lei de serviço, mas a pessoa pouco evoluída somente percebe o serviço como um compromisso externo, com alguma instituição filantrópica ou com os mais pobres. Mas aqueles mais evoluídos descobrem que o verdadeiro serviço nasce em contato com a própria alma. Ela é quem determina o tipo de oferenda ao mundo.
A verdadeira dação é um impulso interno e não um acomodamento exterior.
O sexto Raio é magnético como o segundo. Só que sua intolerância, impulsividade, reações rápidas e violentas, muitas vezes, os leva a repelir com a mesma força que atraem.

Nomes do Raio:
* O Vidente
* O Guerreiro em marcha
* Aquele que não pode ser desviado

O vidente vê ou imagina ver cenas futuras. É intuitivo, sensível, e este nome deve-se à sua capacidade de predizer o futuro.
O guerreiro em marcha é aspecto do sexto raio, quando acha oposição. Ele avança superando qualquer obstáculo, somente enxerga seu ideal. Não pode ser desviado de seu caminho, mantém uma ideia fixa e permanece inabalável frente a circunstâncias adversas.

Qualidades:
Amor, devoção, idealismo, carinho, lealdade, fé, sacrifício, serviço, filantropia, abnegação.

Defeitos:
Paixão, ciúmes, fanatismo, sectarismo, intolerância, ira, ilusão.

Virtudes a serem adquiridas:
Autoconfiança, objetividade, tolerância, equilíbrio, desapego, compreensão.

Transmutação:
* A violência, o fanatismo do sexto Raio devem converter-se em idealismo abrangente e bem-dirigido.
* O hábito de ver somente o próprio ponto de vista como verdadeiro e o alheio como errado dever ser modificado até atingir simpatia pelo ponto de vista dos outros e capacidade para ver que o trabalho alheio também pode ser bom.
* A intensa atividade emocional transmutar-se-á em equilíbrio, escolhendo o caminho do meio e acalmando "as águas" da natureza emocional.

Mantras:
OM, SRI GURUJAYA NAMAHA. É uma invocação ao próprio mestre.

Mas também poderá utilizar com êxito os mantras de Krishna:
OM, SRI KRISHNAYA NAMAHA.
OM, NAMO BHAGAVATE VASUDEVAYA.

Meditação:
Deite e permaneça em estado de relaxamento. Não lute. Descanse. Acalme seus desejos, elimine a ansiedade. Relaxe e imagine que você está caminhando num jardim, entre as flores, alegre e feliz, visualizando seu rosto sorridente. Repita três vezes: "mergulho na paz cósmica e no descanso profundo."
Psicologia Oriental - Padma Patra


O Sexto Temperamento: Devoção e Idealismo

O sexto raio tem como característica fundamental a sublimação das emoções em devoção ante a Divindade, e a transformação do desejo em aspirações voltadas para o idealismo e para o alto.
O sexto raio é o correspondente extrovertido do segundo raio, pois realmente o sentimento de amor desse temperamento volta-se a todo o momento para qualquer coisa que está "fora dele" e existe, assim, um senso de dualismo entre ele e a coisa amada, seja uma pessoa, um ideal,ou a Divindade. No segundo raio, ao invés disso, o amor se identifica como objeto amado, sente-se uno com ele. Seu amor é uma expansão da consciência, uma inclusão, uma ampliação de si mesmo.
Na realidade, o sentimento do tipo do sexto raio é mais devoção do que amor, e por isso volta-se sempre para qualquer coisa de mais alto. O objeto amado é sempre idealizado, e assim torna-se um ídolo que deve ser adorado e venerado. Isso depende do fato de que a essência profunda desse temperamento, e a energia que o produz, são a tendência a subir, à ascenção, à verticalidade.
Talvez seja essa a energia mais útil, porque representa o desejo de aperfeiçoamento, a aspiração ao progresso, ao melhoramento, representa aforça da própria evolução, que se manifesta em toda a natureza, em todas as formas em diversos níveis e graus. "Seja o poder da pequena semente,profundamente escondida na terra escura, para atravessar as barreiras que a circundam e emergir para a luz, seja o poder do ser humano de elevar-se da morte na matéria para a vida em Deus, e de penetrar no mundo do Real, libertando-se do mundo irreal, é sempre a manifestação da mesma força fundamental, que é o idealismo" (A. A.Bailey, Tratado sobre os Sete Raios).
Essa é, pois, a essência espiritual do sexto raio: o anelo, profundo e instintivo, de todas as coisas criadas, e do homem, a elevar-se para Deus, a procurar a perfeição seguindo um modelo ideal.
Tal é a essência profunda que dá lugar, naturalmente, como nos outros raios, a numerosas outras características e qualidades secundárias, que são a consequência direta e indireta dessa essência.
No homem, a primitiva energia do 6º Raio se manifesta de formas diversas e variadas, produzindo vários tipos psicológicos segundo seu grau evolutivo.
Vimos, também, nos outros temperamentos, que a nota espiritual e original deles, descendo na personalidade ainda imperfeita dos homens, altera-se e modifica-se, vindo a perder a pureza primitiva, e se traduz em qualidades secundárias, sejam positivas ou negativas. A energia é como a água, que toma a forma do recipiente que a contém, e se polui e fica turva, perdendo sua limpidez cristalina, se esse recipiente não for limpo.
O mesmo acontece com as energias fundamentais dos vários raios, tão puras e perfeitas em sua origem, e que, todavia, podem produzir consequências negativas, imperfeições e erros, à proporção que descem à matéria dos vários planos, e manifestam-se em indivíduos de vários graus evolutivos.
A tarefa do homem é a de reconhecer a perfeição latente mesmo sob a imperfeição, e trazer à luz sua verdadeira função, a positiva e espiritual, a energia psíquica fundamental do seu temperamento.
Os Sete Temperamentos Humanos -  Angela Maria La Sala Batà


Fonte da imagem: http://caminhodefuga.blogspot.com.br/2010_12_01_archive.html


Textos sobre outros Raios já publicados no blog 
1º Raio
2º Raio
3º Raio
4º Raio
7º Raio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

RUDOLF STEINER - ORAÇÃO DE MICAEL / FORJANDO A ARMADURA

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA