CÂNCER

fonte:desicolours.com
É o reino da poesia. Até ele não chegam os raios solares que impelem à atividade, está ausente o dinamismo, não há colorido senão nos sonhos. Estão ausentes as formas definidas, não havendo luz, tampouco há sombra, daí as formas gelatinosas e cambiantes como as nuvens e a névoa.
É a introvisão, a imagem no espelho que toma consciência de sua existência e fica assombrada de si mesma, não podendo fazer outra coisa que olhar-se e fantasiar porque os conceitos são da luz e ainda não podem ser elaborados.
É o poeta absoluto, que recém começa a nomear as coisas mas não com nomes secos, senão com imagens que são criações que existem com maior força que as coisas que designam; é o poeta recém nascido e que se move torpemente para não tropeçar em suas próprias fantasias, as quais apenas as pode diferenciar do mundo recém criado que lhe toca habitar. 
É a submersão do Eu até aquela região onde a consciência é apenas vegetal e o contato com o exterior é unicamente a sensibilidade e os reflexos.
É muito difícil que os demais participem de seu mundo, não está no mar da inconsciência absoluta mas tampouco está na terra, e desde a rocha donde se aferra temendo que se desfaça como um sonho, se refugia em si mesmo.
Tudo o que faz, o faz com delicadeza, pois não sabe diferenciar a flor da natureza da flor do sonho. Tem medo de atuar porque está confundido e por isso quando outra vontade se apresenta para organizar-lhe a vida, ele se manifesta obediente e agradecido e se transforma em colaborador exemplar, pois trata de aprender a deslocar-se absolutamente no mundo da luz; mas sofre muito devido a que no momento menos esperado sua imaginação o lança de novo à névoa. Despertado pelo despotismo de quem não compreende sua situação, sente então (em afã de auto defesa) desesperados desejos de rebelar-se, e nesta tentativa o enevoado o abate e fica submergido sempre em dois mundos. Entrar em seu mundo é encontrar as quatro estações confundidas.
Sensível e imaginativo até perder o sentido do mundo concreto, prefere ficar no lar como recluso e sair à noite, quando a lua borra as formas definidas ou elegem a possibilidade de assumir a poesia como um destino.
Fonte:Cosmossíntese- Lakaza


Símbolo: As garras do caranguejo são duas espirais que se movem em direções opostas, símbolos do curso ascendente e descendente do Sol. Na época do solstício de verão no hemisfério norte, solstício de inverno no hemisfério sul, o Sol atinge o Trópico de Câncer e começa a "voltar" em seu curso.

Correlações físicas: Estômago, os seios e as glândulas.
Correlações com as estações: A época em que as frutas se formam.
Arquétipo:  O poeta, a mãe.
Sombra: A mãe dominadora, a eterna criança.
Motivação: A solicitude, a prestatividade, a ambição.
Busca: Segurança e firmeza emocional.
Dever na vida: Formar laços emocionais e expressar sentimentos.
Perigo: Refugiar-se no mundo da fantasia, recusar-se a crescer e amadurecer.
Exemplos: Os grandes poetas, os românticos.
Princípio orientador: EU SINTO
Temas mitológicos: O caranguejo que mordeu o calcanhar de Hércules quando este lutava contra a Hidra; todas as historias relativas à Grande Mãe.


Pontos fortes  nas ações, pensamentos e sentimentos:
passionsearch.com 
Ações: A pessoa indireta, disposta ajudar. Reações instintivas baseadas em impulsos inconscientes, no sentimento(compaixão) e na ambição. Desenvolve grande tenacidade. Nunca toma um caminho reto; prefere atingir indiretamente seus objetivos. Pensa na coletividade; é terno e está sempre disposto a ajudar ou proteger outra pessoa.

Pensamentos: o sonhador, o psicólogo. Um pensamento vívido, cheio de imaginação, fortemente influenciado pela mente inconsciente. Grande capacidade de sentir os desejos e pensamentos das outras pessoas e de reagir a eles. Compreensão profunda das ocupações da alma.

Sentimentos: O romântico. É capaz de sentir profundamente. Sensível receptivo, dedicado. A ligação emocional com a terra natal e a família é tão essencial quanto o apoio das outras pessoas. Grande necessidade de segurança e firmeza.

Pontos problemáticos nas ações, pensamentos e sentimentos:
Bad Cancer
passionsearch.com 

Ações: A pessoa infantil. Ações aparantemente altruístas, mas baseadas no medo de ser abandonada se não as fizer. Tímida, envergonhada, medrosa e pouco disposta a mudar as coisas. Medo de conflitos. Foge para o mundo dos sonhos.

Pensamentos: O fantasista. Fica preso num pensamento fantasioso, muito distante da lógica e da objetividade. Aferra-se a idéias absurdas, pelo simples fato de elas lhe parecerem mais agradáveis que a realidade nua e crua. Ponto de vista estreito. Falta de independência.

Sentimentos: A pessoa excessivamente dedicada, o chantagista. É possessivo. Apega-se à pessoa amada , sufocando-a com seus cuidados. Imprime os próprios sentimentos sobre o ambiente que o cerca. "Política de culpa" . As lágrimas como meios para um fim. "A tirania dos fracos".
Fonte:Palavras-chave da Astrologia - Hajo Banzhaf


imagem: Le Tarot Astrologique/Astrologie Judiciaire

Anjos de Câncer: Lavavias, Pasalias, Nelshael, Yeiayel, Melael, Aseuías.

Comentários

  1. Adorei Soraia.
    Muito obrigado.
    Beijos
    Astrid Annabelle

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Astrid!

      Estes "chantagistas" são meus xodós:)

      Beijos.

      Excluir

Postar um comentário

Boas vindas!

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

RUDOLF STEINER - ORAÇÃO DE MICAEL / FORJANDO A ARMADURA

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA