ARCANO V - O PAPA


Descrição: Um homem de barba branca, portando na cabeça uma tiara pontificial de três camadas. Com a mão direita dá a benção, e com a mão esquerda segura uma cruz de três braços. A seus pés, dois monges tonsurados estão ajoelhados.

Simbolismo: Imagem de equilíbrio, o número 5, mediador, traz o conhecimento... A influência conjugada de Vênus e Saturno traz, por um lado, a bondade, a doçura e a harmonia, e intensifica, por outro lado, uma necessidade de vida interior, de lógica e de razão.
O Sumo Sacerdote dá a benção indicando o caminho da humildade e da salvação. Sua barba branca, símbolo de longos anos de experiência, confirma sua competência, sabedoria e dignidade.
Na imponente tiara de ouro se reflete a suprema autoridade de Pontífice. Constituída de três planos, ela confere poder sobre os três mundos: o mental, o anímico e o físico.
As incrustações de pedras preciosas (como as da Papisa) iluminam as trevas para conduzir à perfeição.
Na mão enluvada, símbolo de pureza ritual, o Sumo Sacerdote segura o cetro de cruz tripla que lembra a alta espiritualidade agindo sobre o espírito, a alma e o corpo.
Os dois fiéis ajoelhados estão à espera confiante da mensagem do Pontífice. Simbolizam o dualismo das forças presentes no homem: ao mesmo tempo a aceitação passiva e a receptividade ativa.
O Sumo Sacerdote irradia o fogo espiritual que conduz ao Amor Divino.

Síntese: O Sumo Sacerdote indica antes de tudo uma grande proteção. Conciliação, harmonia, respeitabilidade se fazem sentir.(*)


Símbolos de Waite: Coroa e cruz triplas como símbolo da competência sobre o céu, a Terra e o inferno.
O W sobre a coroa representa provavelmente Arthur E.Waite.
Duas colunas, porém, em oposição à carta II, na mesma cor = o essencial (a quintessência) é igual.

Desenho da mão = a parte revelada e oculta do ensinamento.
Chave: forçar a chave, discrição, o direito de perdoar os pecados, força espiritual.
Segunda chave: acesso ao consciente e ao inconsciente, símbolo de Pedro no brasão dos papas. 
Rosas e lírios sobre o hábito religioso dos monges=amor divino e pureza de alma.

O Hierofante (grego): "Um que esclarece as coisas divinas." Nos Mistérios gregos, o único que pode desvelar as doutrinas secretas, o iniciado superior e único intérprete dos segredo esotéricos. (**)


Texto: ABC do Tarô - Colette H. Silvestre - Círculo do Livro (*) 
Manual do Tarô - Hajo Banzhaf - Ed.Pensamento(**)
imagem: http://insightfulvision.com/gallery-arcanes1.php

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

RUDOLF STEINER - ORAÇÃO DE MICAEL / FORJANDO A ARMADURA

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA