O MANTRA DA CRUZ



Ó cruz na qual confio!
De todas as árvores a mais nobre!
Nenhuma produz o bosque que te iguale,
Em folhas,
Em flor e fruto.
Ó doce madeiro!
Ó doces cravos!
Que tão suave peso suportaram.
Tu só foste digna de levar a vítima do mundo,
E de ser para o mundo naufragado a arca que o conduz ao porto.
Tu sim, que foste banhado do sangue precioso, 
Que correu do corpo do cordeiro.


Texto de Hury Many Katy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM