QUE É O GRANDE REINO CELESTE?

É a manifestação da sétima dimensão de consciência, descrita por Shimani no livro Mensajes Del Gran Reino Celeste.
Dessa dimensão vêm os impulsos de luz para a transformação da raça humana atual, e para o surgimento da próxima. O que chamamos de dimensões são desdobramentos de um nível de consciência; nós, aqui na superfície da Terra, vivemos na terceira dimensão: a física.
As várias dimensões de um mesmo nível compõem mundos de existência paralelos, cada qual com suas leis, seus habitantes e sua evolução. O ser humano pode atuar em mais de uma dimensão ao mesmo tempo, bem como trasladar-se de uma para outra. Todavia, o homem em geral polariza-se em dimensões de menor potencial e como isso sua faixa de ação torna-se restrita. Para atingir nível mais elevado, deve mudar a polarização dos seus interesses; por exemplo, do nível emocional para o mental, do mental para o intuitivo e assim por diante.
A entrada em diferentes dimensões do mesmo nível ocorre com frequência, às vezes sem que o indivíduo perceba, e isso se relaciona basicamente com a atitude do seu eu consciente ou personalidade. Mas a mudança de polarização demanda trabalho prolongado e coliga-se com o desenvolvimento de núcleos internos e profundos do ser.



Mensajes Del Gran Reino Celeste procura estimular-nos a partir da sétima dimensão, para que sejamos tocados na sexta, quinta ou quarta e, assim, sejamos atraídos para além do nosso estado atual. Da mesma forma que os quadros de Nicholas Roerich mostram dimensões do plano físico desconhecidas da humanidade em geral, levando-nos a admirá-las e amá-las, o livro de Shimani procura nos estimular a nos aproximarmos delas - porém, através das nossas decisões de vida.
Da energia do Reino Celeste presente no livro chegamos à compreensão do que chamamos "tempos finais", o processo de purificação, transformação e redenção que nosso mundo e nossa civilizaçõ estão vivendo para darem passos na direção de um "novo tempo" e de uma "nova ordem". Do Grande Reino, chega-nos a "redenção", que é a possibilidade de nos encontrarmos no ponto de consciência "antes" de termos cometido certos erros, podendo assim prosseguirmos no caminho e nos reabilitando diante do equilíbrio do Universo. Desse Reino vem também o "resgate", que o livro explica como sendo a ação de Seres Cósmicos que acompanham a evolução da humanidade na elevação de sua consciência.
Se regatados, os seres humanos não são mais atingidos pelas forças involutivas do caos atual.
Assim, começamos a reconhecer energias presentes na órbita da Terra, que nos elevam e nos oferecem ajuda para superar sofrimentos e vazio interior.
Mainhdra, a protagonista do Grande Reino Celeste, no simbolismo da sétima dimensão representa um dos aspectos da energia da Mãe do Mundo, consciência que no âmbito deste planeta é a expressão da polaridade feminina de toda a Criação. Essa Grande Força traz do Reino Celeste a possibilidade de elevação da raça humana, mas para que isso aconteça nos chama à oração - a forma de pressionarmos para que níveis superiores de consciência tornem-se cada vez mais próximos da humanidade.
"Recorda-i", diz-nos Mainhdra, "que a oração tem direção e resposta nos espíritos simples. Por isso devemos propagar a simplicidade da oração nos seres que não reconhecem ou não têm em seu interior o Meu Imaculado Coração. Ajudai-Me com a força da oração para que mais seres sejam resgatados, perdoados e redimidos."
Mainhdra prossegue: "Ide às criaturas que necessitam sentir e ver o verbo orante como sua fortaleza. Sigamos o caminho da transformação e preenchamos com nossas orações os lugares escuros destes tempos".
O encontro com o Grande Reino Celeste é o contato contínuo com os diferentes estados trazidos pela prática orante, que se desenvolvem para sustentar e proteger os movimentos, operativos universais das civilizações e dos mundos. É com o coração abnegado que vamos nos aproximando do Grande Reino Celeste, e com ele vamos nos sintonizando através da oração. Assim, energias celestes nos levarão à harmonia com as Leis que regem o universo, e isso equivale a conhecermos a PAZ.


Fontes:
Imagem: Mother of the World,1924, por Nicholas Roerich
Texto: Revista Sinais de Figueira - 2º trimestre-Abril a Junho/2010 - Perguntas a Trigueirinho, pag. 3

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

RUDOLF STEINER - ORAÇÃO DE MICAEL / FORJANDO A ARMADURA