LORD MAITREYA


O Lord Divino atua como Buda da Evolução para a Terra e como Cristo Cósmico para esta Galáxia (representante de Deus-Filho, para a Galáxia).
O Lord Divino é também conhecido como Lord Maitreya, como São Patrício (Padroeiro da Irlanda), como Ima Madji( e SriKrishna (na India).
Foi o Mestre e Mentor do Mestre Jesus, em sua encarnação como o Avatar e Salvador do Mundo; foi Ele a “Estrela de Belém”, que não era uma estrela e sim o Lord Divino acompanhado de Sua Guarda de Honra (os sete Serafins), indicando o local do nascimento e, à noite, iluminando o caminho para os “Tres Reis Magos” encontrarem o recém nascido menino Jesus.
Maitreya foi um discípulo (após Gautama) a responder à chama de Sanat Kumara na Terra. Em 10 de janeiro de 1956, numa cerimônia realizada no Retiro de Royal Teton, Gautama sucedeu a Sanat Kumara no cargo de Senhor do Mundo e Maitreya sucedeu a Gautama nos cargos de Cristo Cósmico e Buda Planetário, passando o manto de Instrutor do Mundo aos Mestres Jesus Cristo e Kuthumi.
O Lord Divino, como Cristo Cósmico, é responsável pela irradiação da Chama da Sabedoria e da Iluminação para a Galáxia.
Concede a Iniciação Solar para os Iluminados mais adiantados.
Como Buda da Evolução, irradia a Chama Rosa do Amor, com nuances Azul e Dourada, do Poder e Sabedoria, para Shamballa, que depois é distribuida para a humanidade.
Instruiu os Mestres Jesus e Kuthumi, quando estes passaram a exercer o cargo de Instrutores do mundo. É considerado o Mestre dos Mestres e tem a 8a. Iniciação.
A Mestra Ascensa Pórtia definiu o cargo de Cristo Cósmico como sendo a incorporação do momentum conjunto da consciência crística de cada alma individual em evolução na Matéria, e o próprio Senhor Maitreya deu ao mundo uma explicação a esse respeito em seu ditado de 14 de novembro de 1973:
"Eu represento para vós o Pai quando vós estais no caminho rumo ao Cristo. Quando vós vos tornais o Cristo, eu represento para vós o Irmão em Cristo. Quando vós procurais elevar o raio feminino em vós, eu vos dou então o complemento a esse raio como o Espírito Santo. E quando vós manifestais o Espírito Santo, eu então apareço como a Noiva Vestida de Branco. E vedes assim que a mestria da consciência do Cristo Cósmico é a realização da mestria dos quatro pontos da Cidade Quadrangular e os quatro lados dos quatro corpos inferiores. Portanto, a marca da consciência do Cristo Cósmico e daquele que atinge esse patamar é tornar-se o tudo em todos". Como o Mestre Ascenso Maitreya nos ensina o mesmo caminho da cristicidade individual que nos conduz à conquista da budicidade, que ensinou a Jesus a mais de 2000 anos.Em seu ditado de 14 de fevereiro de 1988 (summitlighthouse), Jesus falou de Maitreya como aquele que o enviou na linhagem dos antigos gurus:
"Eu vim a este mundo enviado por aquele que me enviou, e quando eu dizia 'Eu e o meu Pai somos um' - eu falei do Pai e da vivente Presença do EU SOU, e de seu representante, Aquele que deveria usar o manto de guru. Portanto, aquele que me enviou na corrente da hierarquia dos anciãos não era outro senão Maitreya. O nome Maitreya é derivado da palavra sânscrita MAITRI, que significa bondade, amor, benevolência, amizade, afabilidade, boa-vontade.
Maitreya significa Propagador do Bem.
Helena Blavatsky (A doutrina secreta) diz: Maitreya é o nome secreto do quinto Buddha e o Kalkî Avatara dos Brâhmanes, o derradeiro Messias, que virá na culminação do Grande Ciclo. Em todo o Oriente, é crença universal que esse Bodhisattva aparecerá com o nome de Maitrya Buddha, na sétima Raça. Essa autora afirma também que esse mesmo Avatar é esperado antes do final do presente ciclo da humanidade.
Segundo Alice Bailey, Bodhisattva é o nome dado ao cargo atualmente exercido pelo Senhor Maitreya, conhecido no Ocidente como Cristo. Esse cargo poderia ser traduzido como o Instrutor do mundo.
O Bodhisattva é o líder de todas as religiões do mundo e o Mestre dos Mestres e dos Anjos.
Paul Brunton (The Notebooks of Paul Brunton) ressalta que Maitreya , “cuja vinda Gautama profetizou, veio efetivamente na pessoa de Jesus”.
Uma das mais antigas referências a Maitreya aparece nos PURÂNAS – coleção de lendas e alegorias que se acredita terem sido escritas há milênios por Krishna Dvaipânia, o Vyâsa, autor do MAHÂBHÂRATA.
Atestam que em Shamballa surgirá Maitreya, o Messias, e descrevem-no como um Salvador, montado em um cavalo branco. Maitreya seria então uma encarnação de Vishnu, regente deste grande ciclo de manifestação da Terra.
Nos ensinamentos de Agni Yoga encontra-se ampla gama de informações sobre Maitreya e o trabalho que já está realizando.
No livro “Heart” está escrito:
“A Era de Maitreya é a Era do Coração. Só pelo coração é possível compreender quanto todas as acumulações, todo o conhecimento direto são necessários para o futuro”. No livro "Hierarchy”, lê-se que a época de Maitreya proclama a Mulher e que a manifestação de Maitreya está ligada á confirmação da Mãe do Mundo em todos os tempos. Em geral Maitreya é representado pela imagem de grande guerreiro, arauto do ingresso da energia da vontade-poder cósmica na aura da Terra. Seu cavalo branco é símbolo da purificação do planeta anunciada pela Hierarquia. “As campanhas do passado da humanidade nada representam em comparação com a marcha de Maitreya”.
Maitreya está cumprindo seu juramento de tutorar na Terra as almas que desejam trilhar o caminho do Bodhisattva. Ele, que vestiu o manto do Senhor Divino na Escola de Mistérios da Lemúria (Éden), veio em resposta ao chamado da Mãe Divina para salvar os Portadores de Luz.
"Abençoados corações, a continuidade da mensagem de Maitreya vem agora novamente nesta hora a vós, não em um indivíduo escolhido, mas através de vós, e através da sagrada chama crística... "
"Venham ao meu coração e conheçam-me como o Filho, o Raio de Sol de Maitreya. Saibam, portanto, que minha missão, ter vindo antes dele, assim como João Batista veio antes de mim, foi a de limpar o caminho para a vinda do Cristo Universal em todos os Filhos de Deus na Terra."
Quando adiamos a vinda de Maitreya ou sua Presença em nós porque estamos preocupados com a nossa existência humana, até mesmo por apenas cinco minutos, enredamo-nos na mentira da procrastinação, que desloca o Buda Planetário e o Cristo Cósmico de onde estamos. Vivemos no Eterno Agora em um momento crucial nos ciclos planetários e neste "pedaço" de eternidade; nós nos determinamos a deixar nossa marca no tempo, no espaço. E então, aceitamos hoje a fusão de nossos seres com o Cristo que é Jesus, o Cristo que é Maitreya.
O Senhor Maitreya explicou o significado de Sua vinda em seu ditado de 2 de julho de 1988 (summitlighthouse), afirmando Sua descida em nossos corações:
"Sendo o próximo Buda, eu estou em vosso templo. Exatamente como é profetizada no Ocidente a segunda vinda do Cristo, também é profetizada no Oriente a vinda de Maitreya. O significado é a vinda de Buda que é o Cristo Cósmico em vossos corações. Essa vinda não está adiada. Está pronta. Eu estou aqui, meus amados. E posso entrar.
Quando a câmara é esvaziada e então preenchida novamente - esvaziada e preenchida pelo fogo da chama da Iluminação, sabeis que em vosso processo de percorrer os desfiladeiros internos do ser, subindo então a escada em espiral rumo ao coração, eu estou convosco e, num momento de reconhecimento, vivenciamos a divina consciência de nós dois comungando no coração dos corações.


A Hierarquia dos Iluminados – Narcy C. Fontes
Glossário Esotérico - Trigueirinho
O texto completo está em :

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM