A ÚLTIMA CEIA - A MENSAGEM UNIVERSAL DE LEONARDO DA VINCI

Ouvindo o rádio pela madrugada encontrei um trecho da entrevista de Pedro Tornaghi, falando sobre seu livro "Leonardo Astrólogo: O jogo de símbolos na Santa Ceia".
Agora à tarde acabei encontrando o podcast da entrevista, que segue logo abaixo, e como boa sagitariana que sou, fiquei curiosa para ler este livro, que é claro, já comprei.


ou clique no link: 

Bom, enquanto o livro não chega, fui dar uma conferida na internet sobre o assunto e encontrei um texto bem interessante.
Vale conferir.

Santa Ceia - um tratado de Astrologia:
A mensagem universal de Leonardo da Vinci

Este artigo foi publicado em Planeta nº 33. 
Emma de Mascheville, astróloga falecida em 27/12/1980, é autora do livro Elementos Básicos de Astrologia, cujo segundo capítulo intitula-se "A mensagem universal de Leonardo da Vinci".

TRINDADE:
É uma obra simétrica, sendo o ponto central, o ponto de fuga que é JESUS CRISTO, como num sistema solar ou atômico o centro é estático e os apóstolos são figuras que apresentam um ritmo. Existe uma disposição para a numerologia. Cristo está numa posição formando um Triangulo que sugere o número 3. Este número se repete na composição dos apóstolos, formando grupos bem visíveis de 3 pessoas. As janelas de luz, ao fundo são 3. Cristo a figura central, que unifica, somado aos apóstolos do lado esquerdo, soma-se 7, aos do direito soma-se 7. Os painéis do lado esquerdo (representando a matéria), são quatro, mais as janelas de luz (trindade) soma-se 7.

Leonardo da Vinci era, sem dúvida, um iniciado e colocou na sua Santa Ceia todo um conhecimento de astrologia. No momento em que a fé e a ciência estavam se separando (Renascimento) e que a astrologia estava se desvirtuando, Leonardo legou à humanidade todo seu conhecimento de ocultismo sob a forma de uma pintura.
Mas ele era também cientista: cem anos antes de Galileu ele colocou suas descobertas sobre a órbita dos planetas no célebre retrato da Mona Lisa. Os críticos, porém, preferiram analisar o enigmático sorriso da Gioconda, esquecendo o que existia de mais importante: sua mensagem oculta.
Na maneira geométrica de distribuir os volumes, luzes e objetos, Leonardo transmite não apenas uma arte mas todo um saber universal. Tudo na Última Ceia é simbologia. Além de ser um discurso astrológico, esse quadro é um verdadeiro tratado de numerologia.

Existem várias interpretações a respeito da astrologia e os doze apóstolos. Mas a ordem em que eles se encontram distribuídos, a biotipologia, os gestos, a expressão facial e corporal que eles apresentam na Última Ceia coincidiam perfeitamente com tudo que eu tinha encontrado na observação das fisionomias, gestos e vida das pessoas que eu vinha fazendo horóscopos há quase trinta anos

Na Última Ceia podemos reparar que as vigas do teto, as linhas do chão, as linhas superiores das tapeçarias nas paredes, tudo converge para a testa do Cristo. O círculo sobre a porta possui seu centro em seu coração. Isso quer dizer que ele irradia a luz que ilumina o mundo. Ele é a unidade da vida, rodeado pelos doze tipos fundamentais do ser humano, sendo cada apóstolo um receptor das doze forças básicas originadas pela Trindade da Luz e seu espectro, que formam doze pólos e seis eixos.

Na astrologia usa-se a distribuição dos signos que vai de Áries a Peixes, da esquerda para a direita. Na astronomia esses signos obedecem a uma distribuição da direita para a esquerda. Como o horóscopo é espelho do universo, sua ordem é contrária. Leonardo usou a posição da astronomia, da direita para a esquerda de quem olha.

 Jesus Cristo (Triângulo):
 1 -Simão (Áries) e 7 - João (Libra); 2 - Judas Tadeu (Touro) e 8 - Judas Iscariotes (Escorpião);
3 - Mateus (Gêmeos) e 9 - Pedro (Sagitário); 4 - Felipe (Câncer) e 10 André (Capricórnio); 
5 - Tiago Menor (Leão) e 11 - Tiago Maior (Aquário); 6 - Tomé (Virgem) e 12 - Bartolomeu (Peixes).


1: ÁRIES - SIMÃO
7: LIBRA - JOÃO
Áries é o líder que usa a energia e a iniciativa, incentivando a decisão e a luta. No quadro, Simão está sentado na cabeceira da mesa, impondo pelas mãos a diretiva a ser tomada. Áries ou Carneiro é aquele que mostra francamente sua personalidade combativa, da força da sua cabeça - a testa de Simão está fortemente iluminada - defendendo a verdade. Ação, coragem e consciência da própria vontade. O "eu sou", o ser que age de acordo com as conclusões da sua própria cabeça.
Libra é o signo que está a  180° em oposição a Áries. É o símbolo da harmonia, da justiça e da beleza. O semblante de João mostra harmonia e beleza, aquele que medita e mede, o coordenador. O colaborador está simbolizado nas mãos cruzadas.
João aparece inclinado, pois com esse gesto ele suaviza o impacto da energia de Áries.

2: TOURO - JUDAS TADEU
8: ESCORPIÃO - JUDAS ISCARIOTES
O cérebro (Áries) comanda e as glândulas (Touro) executam aglomerando a matéria. Touro é o signo da obediência, realização e fecundidade. Rege a física (matéria).
Escorpião é o signo da autoridade, organização e força criadora. Rege a química.
Um signo depende sempre do outro e Leonardo, conhecendo a importância dessa correspondência deu a ele as figuras dos dois Judas: Tadeu e Iscariotes.
Como no corpo humano, as glândulas e órgãos sexuais são indispensáveis para a saúde e realização criadora. São dois pólos de um mesmo eixo que não pode ser dividido.
Leonardo fez com que a luz incidisse sobre o pescoço de Judas Tadeu, seus cabelos são ricos e abundantes. Seu semblante é atento mas seu olhar é desconfiado (como se perguntasse: "De onde virá a picada?"). Sua mão está levantada em um gesto de aceitação do comando de Áries.
Aceitar, agradar, obedecer para realizar. Mas quem não tem autoridade sobre seus desejos e uma organização consciente nas suas realizações, torna-se escravo da matéria, sucumbe e fracassa sob o peso do jugo nas costas.
Escorpião é o signo da química, da transformação e transfiguração da matéria. Quem compreender Judas lscariotes não chamará mais Escorpião de o pior signo mas compreenderá sua função na engrenagem do zodíaco e na vida humana.
Enquanto Touro aceita e executa, simbolizado na atitude de Judas Tadeu diante de Simão (Áries), o gesto de Judas Iscariotes (Escorpião) mostra decisão. Ele enfrenta a autoridade e bate na mesa.
Judas Iscariotes era o organizador da comunidade dos apóstolos e nós o vemos sentado, recuado para poder estudar melhor o conjunto, com um saquinho de dinheiro na mão: eram as finanças da sociedade. Se Jesus deu a ele essa função é por que viu em Judas Iscariotes um grande administrador. Antes de tudo ele foi um homem político e, talvez, o que mais acreditou na autoridade de Cristo, pois via nele o Messias que libertaria Israel. Quando Jesus deixou claro que não usaria seus poderes para a libertação da matéria, mas somente para a libertação do espírito, Judas sente o gosto do fracasso e, como o escorpião, aplica o dardo em si mesmo.
Não podemos esquecer que sem Judas não teria havido a cruz nem a prova da ressurreição que libertou a humanidade.
Escorpião possui duas almas: a da destruição e a da transmutação. Ele é o químico que decompõe um elemento para criar um novo. Temos dois exemplos de Escorpião entre os seguidores de Jesus: Judas Iscariotes que destrói por usar apenas sua vontade de poder, esquecendo a mansidão de Touro e chegando à autodestruição; e São Paulo que de Saulo se transformou em Paulo pela iluminação e transfiguração, vindo a ser organizador da comunidade cristã.

3: GÊMEOS - MATEUS
9: SAGITÁRIO - PEDRO
Gêmeos é a esquerda e a direita, o movimento da vida, a formação do intelecto pelo que assimila. Gêmeos possui o dom da palavra, rege o advogado, o repórter, O escritor. No corpo humano Gêmeos rege os braços e os pulmões. Sagitário rege as coxas e a circulação.
O terceiro na ordem dos apóstolos é Mateus - repórter e historiador da vida de Cristo. Ele é aquele que viu e viveu, simbolizado pelo gesto duplo: a cabeça em direção de Simão e OS braços em direção de Cristo. A dispersão dos movimentos, querendo falar a todos ao mesmo tempo. Seu rosto segue rigorosamente o biótipo dos nascidos sob o signo de Gêmeos: esguio, gesticulação enfática.
O nono signo, Sagitário, é simbolizado no centauro, expressando a Lei da Evolução, sob a forma do animal-humano que busca o divino. Ele representa a lei, o dogma, a religião e a filosofia.
A figura número 9 no quadro de Leonardo é Pedro, que fez o dogma e instituiu a lei da Igreja. Ainda no quadro, vemos uma faca na mão direita, representando a fera no homem. Seu dedo porém aponta para o Cristo. O corpo de Pedro está sobre Judas e avança para a frente em um gesto incisivo. É a evolução.

4: CÂNCER - FILIPE
10: CAPRICÓRNIO - ANDRÉ
A sensibilidade e a visão do amanhã, mais a conservação e a memória emocional do ontem foi simbolizada pelos antigos na figura do caranguejo. Com suas antenas para a frente e rabo para trás o caranguejo expressa a fé e a gratidão.
A cabra montanhesa, por outro lado, é a expressão da segurança, da prudência, concentração e capacidade de escalar a montanha com seu passo de hoje. Ela inspira a razão e a confiança. A cabra montanhesa é o símbolo de Capricórnio.
Existe uma profunda correspondência entre as expressões de Filipe e André no quadro de Leonardo. Filipe é o encantado pela fé, diante da visão de Cristo. Ele interioriza tudo através dos gestos das mãos que fazem o sinal hieroglífico de Câncer. Fisicamente ele tem tendência a um rosto cheio e mãos suaves, que contrastam com as mãos secas e dos ossos salientes do rosto de André, que são as particularidades biotipológicas de Capricórnio.
As mãos de Filipe expressam o "vinde a mim", as de André expressam o "longe de mim". André parece assustado pelo dever e pelo senso de responsabilidade, sua figura transmite confiança no hoje, mas não tem a visão do amanhã. Ontem, hoje e amanhã não podem ser separados, pois são pólos de um mesmo eixo que é o do eterno presente.

5: LEÃO - TIAGO MENOR
11: AQUÁRIO - TIAGO MAIOR
Existem dúvidas sobre qual dos dois apóstolos seja o mais velho. O fato é que para Leonardo os dois formam um só eixo, o da atração e da irradiação.
Leão significa rei, centro do governo, exercendo seu magnetismo e disciplina sobre seus súditos.
Leonardo pintou Tiago Menor, com um gesto largo, aberto, tentando atingir tudo que está ao seu redor.
Mas ele visa seu próprio coração que é o ponto central, como quem diz: quem vai duvidar da minha lealdade?
A confiança no próprio poder e força, a alegria de viver e a disciplina são peculiaridades dos nascidos sob o ,signo do Leão. Eles são sempre o centro das atenções.
Oposto a Tiago Menor está seu irmão Maior, a eletricidade cósmica, a irradiação, a tempestade que não podemos deter, pois é a liberdade.
O Sol não brilha apenas porque exige e atrai. Seu brilho vem do dar e irradiar. Enquanto as duas energias forem divididas, isso causará muitos conflitos.
Leonardo colocou toda sua compreensão de Aquário em Tiago Maior, que visualiza toda a mesa, encostado em Peixes. Ele tem a sua experiência, forma sua ideia própria mas sua mão nas costas de Pedro é como se perguntasse: o que acha, irmão?
A vontade da tempestade é sacudir e renovar para ter o progresso, mas ela tem seu limite na lei da ordem e da evolução (é por isso que a mão de Tiago Maior atinge Pedro que é Sagitário). Ele não pode sacudir as raízes e o tronco da experiência para não destruir a vida.

6: VIRGEM - TOMÉ
12: PEIXES -BARTOLOMEU
Sentado à esquerda de Jesus vemos Tomé, aquele que procura a sabedoria.
No fim da mesa, à esquerda do quadro, vemos Bartolomeu. Na ordem do zodíaco ele ocupa a posição de Peixes. Virgem é a natureza em movimento perpétuo, Peixes é a calma. Tomé é a ansiedade, a inquietação. Ele procura aprender cada vez mais e não teme questionar o que vê. Ele analisa com minúcia os defeitos que descobre. Até diante de Cristo ele levanta o dedo querendo contestar e criticar.
Do lado oposto está Bartolomeu - seus pés estão iluminados, pois Peixes rege os pés. Sua expressão é calma, vista ampla sobre a confusão da mesa, procura sentir, imaginar e penetrar pacificamente na razão de todos os acontecimentos. Ele se afasta da dor e da ansiedade, situando-se na luz.
Como se vê, em sua Ultima Ceia Leonardo da Vinci retratou, sob a forma de um discurso silencioso, a lei dos opostos universais e o movimento da vida com rara beleza e genialidade.


compilado por Beraldo Figueiredo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM