UAYEB, PREPARANDO PARA O ANO NOVO DO CALENDÁRIO 13 LUAS

UAYEB é um período de cinco dias de purificação que antecede o começo do novo ano do Calendário de 13 Luas de 28 dias (Calendário da Paz) e corresponde aos dias (no calendário gregoriano) de 21 à 25 de julho.Durante esse período é bom se fazer um pequeno ritual de limpeza e purificação e queimar incensos.


Primeiro Dia (21 de julho) – Escreva uma lista do que você deseja conseguir no novo ciclo Haab (novo ano). Seja claro, objetivo e minucioso. Trata-se de um processo pessoal. Somente você e sua energia devem estar presentes durante esse processo visionário de cinco dias.


Segundo Dia (22 de julho) – Leia a lista, reflita e considere os prováveis obstáculos ou desafios para a manifestação de suas metas. Pergunte a si mesmo porque você está desejando estas coisas. É sempre importante você compreender o motivo de seus desejos. Se eles não forem para o bem maior, talvez você deva considerar. Tenha cuidado, pois você consegue o que pede.


Terceiro Dia (23 de julho) – Proponha uma estratégia para iniciar o processo de manifestação. A energia se manifesta no físico apenas quando nos movemos. Crie um plano mediante o qual você participe da criação. Envolva-se com sua visão. Descubra coisas para fazer que o ajudem a ir ao encontro de cada meta.


Quarto Dia (24 de julho) – Estabeleça linhas de tempo flexíveis para a forma como você deseja criar a visão. Lembre-se que você tem 365 dias com os quais trabalhar. Então, seja razoável. Embora a manifestação leve menos tempo hoje em dia, lembre-se de que ainda não estamos na época da manifestação instantânea. Vá com calma e seja tolerante com sua própria humanidade.


Quinto Dia (25 de julho) – Este dia é o do comprometimento. Leia com atenção o que você escreveu como sendo uma visão de seu futuro para os próximos 365 dias. Decida que seu futuro será assim. Talvez você queira fazer uma pequena cerimônia particular para ancorar a energia de sua visão. Guarde o que você escreveu em um envelope especial, lacre e coloque em um local sagrado onde ficará nos próximos 365 dias. Deixe-o fechado até o próximo Uayeb. Este é o DIA-FORA-DO-TEMPO. Dia do perdão. Recolha-se ou medite ou celebre.


Obs: Este ano estaremos passando por momentos muitíssimos especiais nos dias 21 e 22. É que ocorrerá um eclipse Solar total na Lua Nova e será uma energia muito poderosa.
Esse é o segundo eclipse de uma trilogia solar/lunar.
No dia 7 de julho aconteceu um eclipse lunar na Lua Cheia.
Dia 21/22 de julho ocorrerá o eclipse Solar na Lua Nova e no dia 6 de agosto ocorrerá o terceiro eclipse na Lua Cheia (eclipse penumbral), completando um triângulo.
Por aí vocês podem observar o poder desse eclipse solar que está no ápice do triângulo tendo as Luas Cheias de 7/7 e 6/8 como base.
Este eclipse solar será o mais longo do século XXI com o tempo de duração na fase de total escuridão 6 minutos e 39 segundos.
Terá início no dia 21/7 às 23:58 e terminará no dia 22/7 às 05:12, atingindo seu ápice às 02:35 (total escuridão).
Segundo artigo do site da Grande Fraternidade Branca, “Este é o impulso inicial da Transfiguração das massas da Humanidade dos Seres Humanos da 4ª Dimensão, baseados no carbono, para os Seres Solares de Luz, baseados no Cristalino.Deste momento em diante, as faculdades criativas do pensamento e do sentimento da Humanidade, serão muito intensificadas. Nossa habilidade de co-criar os padrões da perfeição para a Nova Terra, serão ampliados um milhão de vezes. Este evento crítico ocorrerá em perfeita Ordem Divina para a próxima fase do Plano Divino”.
Então, vamos ficar sintonizados com o momento e é bom fazer uma meditação pela humanidade e o planeta Terra dentro do que você acredita. Siga a sua intuição

In Lakech! (eu sou o outro você)
Iara MoraesKin 101
Centro de Estudos 13 Luas


Meditação Ponte Arco-Íris
Dia Fora do Tempo

Fonte: Casa Indigo
Se estiver em grupo, façam um círculo, se possível sentados no chão com as pernas cruzadas. Respire profundamente algumas vezes inalando o que for negativo, transmutando-o dentro de si exalando o que for positivo e purificado. Depois feche os olhos. Visualize que está no centro da Terra e visualize o núcleo gigante de cristal octaedro. Quatro faces do cristal têm a terminação em ponta na direção do eixo polar Norte. As outras quatro reúnem-se num ponto alinhado com o eixo polar Sul. Em volta do cristal octaedro gigante está a membrana interior da Terra, como um tambor ressoando na superfície da parte externa da Terra. A metade do Norte do cristal tem duas faces vermelhas e duas brancas; a metade do Sul tem duas faces azuis e duas amarelas.
Agora entre no cristal. No centro deste cristal gigante há um ponto intensamente fulgurante de luz branca. Uma coluna ou eixo etérico de luz estende-se de Norte a Sul, do ponto central fulgurante, pelas extremidades do octaedro indo para os pólos Norte e Sul no exterior da Terra. Ao redor deste eixo vertical etérico, magnético, de luz existem dois tubos de fluxos entrelaçados pelos quais a energia plasmática passa continuamente. Movendo-se em espiral em torno de cada um, como duas hastes de DNA, os tubos de fluxo têm a cor azul e vermelha. Estes emitem plasma – íons carregados eletricamente – para o ponto fulgurante no centro da Terra.
Em sequência, ao redor do lado do eixo Norte dessa coluna de luz, com os dois tubos de fluxos entrelaçados, está o átomo de tempo vermelho. Ao redor do eixo Sul de luz está o átomo de tempo azul. Os átomos polares de tempo vermelho e azul giram em direções opostas: o átomo de tempo vermelho do lado Norte gira na direção horária e o átomo de tempo azul do lado Sul na direção anti-horária. Os átomos de tempo consistem de sete pontos: um ponto central, dois pontos em cada extremidade do eixo vertical, e dois pontos cada – quatro pontos no total – equidistantes de cada um em cada lado do eixo central. Os seis pontos exteriores dos átomos de tempo têm quase o formato hexagonal, de uma figura de seis lados.
O plano gravitacional do cristal octaedro emana horizontalmente do centro luminoso fulgurante do cristal, estendendo-se para os quatro pontos que marcam as pontas do cristal onde se encontram as quatro faces do lado Norte e as quatro faces do lado Sul. O plano gravitacional que liga estes quatro pontos é como a base de duas pirâmides – uma pirâmide estende-se dessa base com quatro faces para o ponto Norte do octaedro e as outras quatro faces para o ponto Sul. Ao longo desse plano gravitacional, estão mais dois átomos de tempo, exatamente em oposição um ao outro: um branco e outro amarelo. Estes dois átomos de tempo gravitacionais têm exatamente a mesma construção dos átomos de tempo polares, vermelho e azul, exceto que os seus dois pontos axiais estão alinhados com o plano gravitacional, margeando os seus lados como estavam e perpendicular aos átomos de tempo polares. Estes átomos de tempo branco e amarelo giram como rodas de pá fazendo um movimento lento circular anti-horário, da esquerda para a direita, ao redor do ponto central da luminosidade fulgurante.
Uma vez que tenha visualizado o núcleo de cristal octaedro da Terra com as suas oito faces, os quatro átomos de tempo, a coluna etérica de luz e os dois tubos de fluxo, então visualize que do centro do cristal uma corrente de luz multicolorida preenchida de plasma se projeta para ambas as direções dos dois pólos da Terra. Agora dirija-se do centro da Terra para um ponto fora no espaço de onde pode ver toda a Terra. Enquanto vê o cristal octaedro no centro da Terra nos pólos Norte e Sul a corrente de luz projeta-se para fora para se tornar uma grande e dupla ponte de arco-íris – o alternador do dia e o alternador da noite do campo magnético da Terra que se faz visível. Duas correntes de arco-íris ligam os pólos Norte e Sul da Terra, exatamente a 180º graus distantes uma da outra. À medida que a Terra gira lentamente ao redor do seu eixo, esta ponte de arco-íris mantém-se firme, constante e imóvel.
Quando completar esta visualização pegue em toda a Terra girando sob a ponte de arco-íris e coloque-a no seu coração. Imagine as duas correntes de luz projetando-se pela sua coluna vertebral, acima da sua cabeça e abaixo dos seus pés. Agora elas formam uma ponte de arco-íris semelhante, ao redor do seu corpo, alinhando a sua aura. Agora a Terra e você são um.
A Ponte de Arco-Íris da Paz Mundial é real. Existe uma ciência por trás de tudo isto. O que existe primeiro na imaginação, sendo visualizado por um número suficiente de pessoas, numa onda telepática de amor, no devido tempo se tornará realidade.
Sites interessantes: Pan Portugal e Law of Time

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM