ADVERTÊNCIA


Livro II - Lição 44

Advertência

A fama ou a vida?
O que mais se deseja?
A vida ou a riqueza?
O que vale mais?
Os fortes apegos geram grandes sacrifícios.
O acúmulo de bens é a fonte de grandes perdas.
Aquele que está contente, não se envergonha
Aquele que sabe parar, está livre do perigo e vive longamente.
Comentário
O Tao Té Ching fala de uma linguagem diferente da comum. Adquire novas configurações à medida que relemos o texto. É um calidoscópio de significações. Apresenta, de momento a momento, verdadeiras chaves para a sua compreensão. Eis aqui uma delas: “Aquele que sabe parar está livre do perigo”.
O que é “parar” e o que é “perigo”? Parar é SER. A grande maioria de nós está constantemente em atividade, seja em pensamento, palavra e ação. Nossa vida é entretanto, gerundial. O “endo” ou “ando” são a forma comum de nossa existência. Pouquíssimos são os que vivem no presente do indicativo. SER, VIVER, PERCEBER, COMER, AMAR, são impossibilidades, pois os movimentos da vida nos dão a noção psicológica da atividade constante.

Estamos continuadamente "sendo", "amando", "odiando".
Se todas as coisas tem raiz no Tao e se ele é imutável, a parada, o repouso, é a única realidade que está por trás de todo o movimento.
A consciência de ser, de “parar”, nos dá a percepção do ETERNO.
E aqueles que vivem no ETERNO não morrerão jamais.




Fonte: O LIVRO DO CAMINHO PERFEITO - TAO TÉ CHING
Lao Tsé - Editora Pensamento/SP - 11ª edição - 2003
Tradução e adaptação, prefácio e comentários, por: Murillo Nunes de Azevedo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ORAÇÃO AO JUSTO JUIZ - ORAÇÃO DA PROSPERIDADE - ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO

NÓDULOS LUNARES - DESCUBRA QUAL É O SEU CARMA

OS SIGNOS DO ZODÍACO: SUAS CORES, PEDRAS, FLORES... - 1ª PARTE - DE ÁRIES A VIRGEM